Desperte Seu Gigante Interior #dicadelivro

Cara acabei de finalizar o livro Awaken the Giant Within (Desperte Seu Gigante Interior) do Tony Robbins. E se eu posso te dar mais um dos meus conselhos, leia esse livro. Puta que pariu… É um livro sensacional que te fará muito bem.

Esse livro ajuda muito na sua mudança de crenças e hábitos para que você tome controle da sua vida da melhor forma possível, tanto emocionalmente quanto fisicamente e financeiramente.

E ao terminar de lê-lo agora me deu uma vontade enorme de compartilhar o final do livro, por que é simplesmente tudo que prego e busco. E aqui vai o que ele diz:

“Qual é a mensagem? Viva a vida enquanto estiver aqui. Experimente tudo. Cuide de você mesmo e de seus amigos. Divirta-se, seja louco, seja estranho. Saia e estrague tudo! Você vai de qualquer maneira, então você também pode aproveitar o processo! Aproveite a oportunidade para aprender com seus erros: encontre a causa do seu problema e a elimine. Não tente ser perfeito; seja apenas um excelente exemplo de ser humano. Encontre constantemente maneiras de se melhorar. Pratique a disciplina de ser um eterno aprendiz. Reserve algum tempo agora para configurar seu Sistema Mestre para que o jogo da vida seja vencível. Deixe que a sua humanidade, o seu cuidado consigo mesmo e com os outros seja o princípio que guia a sua vida, mas não trate a vida tão a sério que você perde o poder da espontaneidade, o prazer de ser bobo e ser criança.”

E finalizando um breve depoimento sobre Nadine Stair, de 86 anos, onde ela diz algo sobre sua vida:

“Se eu tivesse a minha vida para viver de novo, ousaria cometer mais erros da próxima vez. Eu relaxaria mais. Eu me alongaria mais. Eu seria mais idiota do que esta viagem. Eu levaria menos coisas a sério. Eu arriscaria mais, eu faria mais viagens, subiria mais montanhas e nadaria mais rios. Eu comia mais sorvete e menos feijão. Eu teria, talvez, mais problemas reais e menos imaginários. Você vê, eu sou uma daquelas pessoas que era sensata e sã, hora após hora, dia após dia.
Oh, eu tive meus momentos. Se eu tivesse que fazer de novo, eu teria mais deles. Na verdade, tentaria não ter mais nada – apenas momentos, um após o outro, em vez de viver tantos anos à frente de cada dia. Eu fui uma daquelas pessoas que nunca vão a lugar nenhum sem um termômetro, uma garrafa de água quente, uma capa de chuva e um pára-quedas. Se eu pudesse fazer isso de novo, eu viajaria mais leve do que eu.
Se eu tivesse a minha vida para viver, eu começaria descalço no início da primavera e ficaria assim no final do outono. Eu iria a mais danças, daria mais voltas de carrossel, colheria mais margaridas”.

E isso quem diz é uma mulher que já viveu sua vida inteira. Agora será que no final iremos se arrepender de algo?

Não sei você, mas eu vou evitar o máximo arrependimentos…

 

Pura vida!!


Claro que não posso te deixar na mão sem o link para esse livro do caralho… Então segue abaixo as duas versões do mesmo:

41FQxq23rWL._SX334_BO1,204,203,200_ https://amzn.to/2TBpALB

51lXzR+xTOL._SL250_ https://amzn.to/2HIKA1w

 

Confira também:

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s